quinta-feira, junho 25, 2020

A minha Cozinha aberta para sala

                                                               
Os  poucos 90 m2 foram  aproveitados com a integração de 3 espaços: sala, cozinha e zona de refeições.

Uma das grandes vantagens de ter uma  cozinha aberta é  aproveitar o espaço interno da melhor da melhor  forma possível e criar uma maior sensação de amplitude.

A maior parte do orçamento foi para a cozinha pois infelizmente não consegui aproveitar os armários que tínhamos, o  formato da actual  cozinha não o permitia, mas  fiquem descansados (amigos do ambiente) foram reaproveitados e estão na casa de um familiar.
  •  O chão foi mantido para podermos ficar dentro do orçamento.(sei que em madeira ou vinilico ficaria melhor )
  • As paredes foram alisadas e pintadas de branco para criar amplitude.
  • Todo o gás foi anulado e tudo o que é tubagens passam na parede ou no tecto, por isso a existência de um tecto falso parcial e não partimos  o chão.
  • Os armários de cozinha  forma feitos á medida,(a escolha foi branco e clássico).
  • Os azulejos "subwaytile" conhecidos em Portugal como cerâmica biselada foram os escolhidos por serem intemporais.
Toda a  mobília e objectos que já tínhamos  foram reaproveitados com muitos DYI  para que tudo se conjugasse, isto foi um processo e ainda o é !

Vamos lá espreitar que o post é longo, esta é a vista quando chegam.



   Lembram se do mamarracho que foi todo desmantelado?Rendeu peças até agora. 😁
Era aqui que ele estava 🙈


Onde está o espelho, era onde estava o mamarracho, a mesa de refeições era a que estava na cozinha.

    
       Vamos à cozinha,  se bem se lembram onde era o mini quarto da Maggy ..





 península delimita o espaço e traz mais uma solução para a arrumação.
A placa de vitrocerâmica foi a escolhida por suportar qualquer tipo de recipiente
O forno de convecção foi o escolhido por não deixar passar o calor (seguro para crianças)
Reaproveitamos o exaustor e a maquina da loiça, o frigorífico foi comprado novo só este Natal pois o outro deu o pote.
O tapete persa kilim  saiu do armário, já o tenho da altura que casei.


Os puxadores imitando os das mercearias antigas  adquiri no Leroy Merlin.


De onde quer que esteja vejo o mar .........e a luz ✌




Quadro de ardósia feito por nós, e a caixa de vinho que arruma os individuais, ideias do Pinterest


 Como tenho uma menina de 3 anos é importante que circule, dance e brinque à vontade, dai ter retirado a mesa de centro.                                       


Com estas obras posso vos dizer que tudo ficou mais funcional, ajudou também o destralhe e o desapego.
Sobraram moveis, pois os ângulos da casa não permitiram usar tudo o que havia anteriormente.
Ainda continuo a tentar unificar o espaço.Ainda esta quarentena pintamos a vitrine e lixamos o móvel daTV e deixamos o na sua cor natural.
Falta o móvel que veem acima que ainda está numa cor alaranjada.
Não estou convencida ainda com os lustres e num futuro próximo queremos adquirir um sofá, pois este só mesmo com uma manta por cima é que disfarça os anos de desgaste.

"Criar um espaço que nós gostamos é mais do que ter uma casa bonita. Trata-se de ter uma casa organizada e funcional onde gostamos de estar e que o mais importante que nos permite viver dentro das nossas possibilidades.
Prometo que volto em breve pois ainda tenho mais para vos mostrar
até lá fiquem com DEUS
Se quiserem ver mais imagens desta obra podem ver AQUI

domingo, junho 07, 2020

Quarto partilhado das meninas


Nos meus 43 anos nunca tive um quarto só pra mim, somos 3 irmãs com diferenças de 3 anos e 13 anos.
Dormíamos no mesmo quarto e quiséssemos ou não era aquilo ou nada.

Lembro me da minha irmã do meio querer que eu apagasse a luz e eu de a querer acesa.Da minha mãe me acordar com todos os cuidados para que a mais nova não acordasse.

Tirando isto não me lembro de nenhum outro inconveniente por partilhar um quarto com as minhas irmãs.Adorava a companhia, as conversas e gostava muito da cumplicidade que tinha com a mais nova.
A minha diferença de 13 anos fez com que a minha responsabilidade fosse acrescida e na ausência da minha mãe eu é que assumia o papel.
Sempre me respeitou e acatava tudo o que dizia e ainda hoje tem um respeito por mim como se fosse mãe dela. Já a do meio é uma das minhas melhores amigas.

Apesar da minha experiência  na minha infância, os 10 anos que as separam foi sem duvida  um desafio .Estando cada uma numa fase diferente foi e é preciso ainda soluções para que partilhem sem conflitos.

A  nível de obra nesta divisão foi;  anulado o gás e aguas,  colocado um piso vinilico. .
O piso vinilico  tem uma grande durabilidade, é muito confortável e de fácil manutenção, o nosso é  rectangular click, aconselho super quentinho.Para ser colocado o piso não deverá ter qualquer tipo de saliência.
As paredes foram rebocadas e tudo pintado de branco.Se bem se  lembram aqui era onde havia a cozinha e a dispensa.

Ao abrir a porta deparamos nos com a caminha da Emília, adaptei muitos moveis como este que está à  esquerda, (antiga estante de cozinha )

                                   O espaço da Emília 



Para mais um canto de brincadeira e arrumação, foi feito mais  um reaproveitamento .




Aqui podem ver como o  espaço está "dividido"do lado esquerdo está a Emília. 
Do lado direito está a secretária da Maggy .


O espaço da Maggy




Os moveis do quarto da Maggy  feitos á medida para o seu  quarto foram reaproveitados e colocados neste quarto, encaixando na perfeição.








Com a chegada  de uma cama maior para a Emília o quarto irá sofrer mais umas alterações, mas enquanto isso fica aqui o registo desta fase dos bebes e do berço.Pensei ainda em pintar os moveis de branco, mas de momento vou me contentar com o que tenho .

A minha mãe ainda tem as colchas das nossas camas que conto em coloca las nas camas das minhas filhas, faltam quadros e isto é uma caminhada e é assim que tem piada.

Logo mostro como ficou o resto da obra 
Até lá fiquem com Deus 
(Estou trabalhando neste post ouvindo musica sertaneja, como este povo brasileiro é tão feliz!)
💗💗







quarta-feira, maio 27, 2020

Uma casa pequena para uma vida maior 1

Este é mais um daqueles posts que andavam guardados na gaveta.

Fez 21 anos neste mês de Maio que compramos o nosso  apartamento, um T1 com 90m2 usado já com 3 anos . Fascinou pela vista e pelo facto de cada apartamento ter a sua entrada individual. o preço era apelativo pois não comprometia a nosso orçamento.
Ainda  hoje aqui vivemos os dois com 2 filhas e o nosso gato.


Como é que eles fizeram ?
Pelos 90 m2 podem ver que a casa é pequena mas com muita imaginação e algum investimento transformamos o T1 em  T2 e posso vos dizer que está adequado à nossa família.

Comprar a casa grande para quando os amigos nos visitassem ou quando juntássemos a família, não fez nos desistir da ideia  da compra de algo  adequado ao estilo de vida que pretendíamos.

Com  a chegada da Maria Emília surgiu a questão "Como encaixar mínima e confortavelmente  mais um habitante nesta  casa ? "Como manter a vida que tenho com mais um filho ?"

Ponderamos muito e decidimos de que não venderíamos a nossa actual casa.


Finanças

Compramos a nossa casa em escudos, quando os imóveis eram mais acessíveis e fazer mais uma divida está fora de questão devido aos encargos extra que isso traz .Honestamente não visualizei o nosso  futuro refém de uma divida ao banco .

Investir na educação delas, criar bons momentos em família e cuidar da nossa saúde  isto sim é o nosso objectivo de vida .


Localização

Outro grande factor que influenciou esta nossa decisão foi a localização do nosso actual apartamento quase dentro da cidade onde em 15 minutos chegamos ao trabalho /escolas .

Não há dinheiro que pague o que os nossos olhos vislumbram destas janelas.Situado  numa colina  posso ver o mar e o porto do Funchal

Passemos ao plano :
Fazer uma cozinha aberta para a sala
Inverter a posição de dois quartos.
O quarto da Maggy passaria a ser  a cozinha e a antiga cozinha passaria a ser o quarto das miúdas 

Os  trabalhos foram entregues a  uma empresa de construção civil mediante um orçamento, abaixo veem o desenho.


  1. Onde estava o quarto da Maggy e é onde está a cozinha
  2. Onde era a cozinha antiga e onde é o actual quarto das miúdas 
  3. Onde era a dispensa zona onde está agora um roupeiro
  4. O quarto dos pais que se manteve inalterado
  5. Quarto de banho 
  6. Entrada 
  7. Lavandaria /quarto de arrumos
Aqui podem ver o quarto que era da Margarida e que será a cozinha 
Antes







Porta da entrada da antiga cozinha /Hall 
Antes 

Porta do lado mais á direita quarto das meninas (antiga cozinha ) porta da entrada ao centro e lado esquerdo cozinha .


A sala  ainda com a parede do lado direito 
Antes

Sem a parede onde ficará a península 
 

Porta ao fundo a nossa dispensa que foi anulada para aproveitar o máximo de espaço .
Antes





O chão do quarto das meninas foi o único a ser alterado pois não fazia sentido ter loiça no chão do quarto de dormir e colocamos vinil.



Ufa que post comprido, ainda estão ai ?
Atenção que estas obras foram  feitas em 2017 e eu nunca tive oportunidade de vir aqui vos mostrar como tudo tinha ficado, mas agora vai ;)
bjs e resto de boa semana
Lulu

quarta-feira, abril 08, 2020

Páscoa em tempo de quarentena

Em casa há quase um mês  e tem me sabido pela vida.
Estamos num  tempo de ter tempo voltados para nós, e como todos precisávamos disto, não sentem o mesmo ?
Talvez escreva assim por não estar na linha da frente, a de combate, não faço parte deste grupo de super mulheres e super homens que salvam vidas e trabalham arduamente para que o pais continue e nada nos falte.Faço a minha parte, cada um faz a sua, presumo eu.....

Aqui em casa faz se o possível  para  que tudo ande contentado, temos  tanto!
Apesar do que por ai vai, tento não entrar muito na onda do pessimismo evitando ver muitas noticias, ocupo me com o que me traz paz e alegria.
Não são tempos de saber o que está certo do que está errado, mas  são certamente tempos de fazer o que nos faz bem.

Ambos estamos em Layoff,  a creche esta fechada  e a mais velha irá começar a ter aulas por video conferencia.
Estar em casa com uma menina de 3 anos não tem nada de aborrecido, tenta se fazer sempre alguma coisa diferente e  finalmente conhece la.
Passar os dias juntas, ela é tão agarrada a mim.Ela é uma mini me!

 Coloca se  em marcha alguns projectos adiados, anda se a volta do fogão e aprecia se com mais valor o que já se tinha.
Andei nas agulhas e nos trapos e fiz uns guardanapos de pano, a criatividade despertou. Não houve compras e tudo o que veem já tinha.As flores são de plástico.

Esta será a nossa mesa de almoço de Páscoa a 4.



A vitrine do mamarracho da sala lembram se ?Agora  pintada de branco 



Deu me muito gozo em organizar esta vitrine expondo alguns dos objectos que gosto e que me fazem sorrir.





E na mesa da entrada foram colocados uns raminhos com uns  ovos pintados pela filha mais velha ,juntamente com os  saquinhos que chegaram pelo correio.Oferecido pela Val no  ano passado. 


Casinha feita pela Emília com a ajuda dos seus pais 


A todos desejo mesmo muito muita SAÚDE e que estejam em PAZ junto dos vossos, vão dando  noticias. 


Até breve 
bjs
Lulu